Vamos Parcelar

logo-vp

5 dicas para evitar a inadimplência

Venha conferir como não ficar inadimplente e estar sempre tranquilo com sua contas!
2 min. de leitura
Acesso rápido

Mas o que é inadimplência? Por definição, é o não cumprimento de uma obrigação financeira estipulada em contrato. Ou seja, não pagar uma conta ou uma parcela de um empréstimo até a data de vencimento, vai te deixar inadimplente. No Brasil, a principal consequência de estar nessa situação é acabar com o nome sujo.

Estar com o nome sujo acarreta em diversos empecilhos, como limitar seu acesso a crédito e diminuir seu score. Você pode pensar que a inadimplência só ocorre perante uma instituição financeira, mas não. Qualquer dívida pode te deixar nessa situação, seja no seu condomínio ou até com o governo.

Perfil dos inadimplentes no Brasil de acordo com estudo da Serasa Experian:

  • 50,9% são homens;
  • As pessoas que recebem até 2 salários mínimos são as mais atingidas;
  • Aproximadamente 37% possuem apenas uma dívida.

Então, aqui vão 5 dicas para você evitar essa dor de cabeça. Confira!

1. Organize-se financeiramente

Nada melhor para evitar dividas do que estar em dia com sua organização financeira. Por isso, antes de entrar em um empréstimo, financiamento ou crédito, estruture-se. Muitas pessoas imaginam que isso é complexo, mas é bem simples. Busque anotar suas finanças e suas obrigações de pagamentos.

Além disso, procure separar seu dinheiro, destine cada parte dele para um determinado objetivo. Esse tipo de planejamento só vai te trazer benefícios. Se você já estiver com débitos, é uma ótima maneira de quitá-los sem estresse. E mesmo que você não possua tais despesas, se organizar é um ótimo jeito de fazer o dinheiro render e sobrar no final do mês.

2. Pesquisar preços

Outra maneira de não ficar na inadimplência é buscar os valores antes de fazer uma compra. Portanto, quando for adquirir um novo bem, ou até solicitar um crédito, sempre procure quem oferece as melhores condições. Essa dica serve para tudo, desde as compras no mercado, até o financiamento de um carro ou casa. Mesmo a economia pequena, de pouco em pouco, pode te salvar uma boa grana.

3. Tenha uma reserva de emergência

A reserva de emergência é muito importante para qualquer pessoa que quer estar pronta para todos os imprevistos. Ela nada mais é do que uma quantia de dinheiro guardada ou investida, como o nome já diz, para emergências. Não há uma regra para o valor dela, mas existem algumas orientações.

Por exemplo, é interessante que você estipule seus gastos fixos para usar de base. Depois disso, multiplique esse valor por um determinado número de meses. Dessa forma, você sabe que estará respaldado durante esse período, independente do que aconteça. Mas não precisa se desesperar, o valor parece alto, mas construa-o aos poucos e fique mais tranquilo.

4. Evite o consumo exagerado

Uma das principais causas da inadimplência é o acúmulo de dívidas no cartão de crédito. Por isso, um bom conselho é controlar os gastos. Isso não significa que você deve parar de custear seu lazer, por exemplo. Mas é preciso consumir com inteligência. Então, aproveite a dica de organização financeira que já foi dada, veja como se programar e não se perca nas compras.

5. Esteja sempre bem informado

Conhecimento é tudo e nunca é demais. Por isso, esteja sempre atualizado no quesito finanças. Com certeza vai te ajudar bastante a evitar a inadimplência.


Este artigo é mais um conteúdo desenvolvido pela VP Labs com intuito de

veicular informação de qualidade ao máximo de pessoas possíveis. Se ainda não

conhece nossa plataforma, basta clicar aqui!

Acesso rápido

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre educação financeira, investimentos e novidades da VP.

Autorizo o envio de conteúdo e estou de acordo com a Política de Privacidade da VP.

Siga nossas redes sociais

Acompanhe os conteúdos e fique por dentro das novidades!

Postagens relacionadas
Nenhuma postagem relacionada

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Notícia veiculada recentemente, diz que a empresa Vamos Parcelar Pagamentos e Correspondentes LTDA — a qual, entre outros, presta serviço de parcelamento de dívidas de IPVA e de multas de trânsito —, “sem justificativas, deixou de fazer os repasses ao governo local e colocou contribuintes em situação de inadimplência”.

Sempre atenta à sua responsabilidade legal e social, a Vamos Parcelar vem a público prestar alguns esclarecimentos referentes aos fatos noticiados.

Após a instauração de procedimentos internos, a Vamos Parcelar detectou ter sido vítima de ofensiva aos seus servidores que resultou na significativa compensação de transações inconsistentes, inseridas por meio de subterfúgios em sua plataforma.

Foram detectados, ainda, indícios de fraudes em algumas operações realizadas por terceiros que se passavam indevidamente por usuários da plataforma, as quais ainda estão em fase inicial de averiguação.

A empresa esclarece que fez contato com 2.039 pessoas das 2.142 que fizeram reclamações na plataforma “Reclame Aqui”. Encontram-se pendentes, apenas, 93 casos com quem a equipe da Vamos Parcelar segue fazendo contato para responder às queixas e sanar o problema o mais brevemente possível.

Quanto às alegadas “queixas de golpe financeiro”, a Vamos Parcelar informa que realizou o levantamento das ocorrências existentes e constatou que as pendências pontuais identificadas foram devidamente sanadas, com o consequente esvaziamento das hipóteses investigativas e a confirmação do não cometimento de qualquer conduta irregular pela empresa.

Segurança cibernética

A Vamos Parcelar informa que, tão logo tomou conhecimento das inconsistências implementou, imediatamente, os protocolos de segurança cibernética ao seu alcance para conter a ofensiva, que já se encontra controlada, e que continua trabalhando para otimizar os mecanismos de segurança contra operações indevidas.

A empresa continua atuando de forma diligente, com foco para mitigar os efeitos gerados pela ofensiva e informa que, a partir da auditoria interna realizada, instituiu um comitê de compliance, com apoio de empresa especializada, com fins de realizar o correto tratamento das inconsistências apuradas.

O comitê de compliance instituído determinou que todas as operações efetivadas desde a ofensiva sejam novamente examinadas de forma minuciosa e sistemática pela Vamos Parcelar, para que, então, os repasses possam ser realizados às empresas e órgãos competentes.

A recomendação de nova checagem em todas as transações programadas gerou atraso no repasse dos pagamentos aos órgãos, que já está sendo normalizado de acordo com a finalização das auditorias.

A empresa se compromete a continuar trabalhando para restaurar o serviço aos seus clientes e a regularidade dos repasses o mais rápido possível.

Em atenção ao compromisso de integral transparência e total colaboração, a Vamos Parcelar implementou, no dia 16/06/2023, canal de comunicação e mediação para que os consumidores entrem diretamente em contato com a empresa para solucionar eventuais inconsistências de repasse.

A Vamos Parcelar reitera que sua atividade, ao longo dos 5 anos de atuação no mercado de parcelamento de dívidas, sempre foi pautada por rigor ético e legal e manifesta, mais uma vez, que guiada pelo compromisso de integral transparência e total colaboração, manterá seus clientes informados de qualquer informação relevante relacionada ao evento aqui tratado.

Prontinho! Agora você já pode usar o seu cupom para colocar seus débitos em dia.

Copiar e pagar Copiado!