Vamos Parcelar

5 dicas para começar a investir com pouco dinheiro 

Quer ser um investidor, mas está com o orçamento apertado? Confira as dicas para dar o primeiro passo!
3 min. de leitura
Atualizado em 14 abr 22
Acesso rápido

Quando o assunto é investimento, a princípio algumas pessoas pensam que é algo distante por achar que é preciso uma alta quantia de dinheiro. O que muitos não sabem é que atualmente esse mundo está cada vez mais acessível, democrático e agora é possível investir com pouco capital. 

Em primeiro lugar, atualmente não importa seu gênero, idade, classe social e quanto você tem para começar, o universo dos investimentos só exige paciência e vontade para sair da zona de conforto. Isso é perceptível, por exemplo, em dados relacionados ao perfil dos investidores no Brasil. De acordo com um levantamento feito pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), no último ano 40% dos brasileiros fizeram algum tipo de investimento. Essa porcentagem inclui homens e mulheres das classes A, B e C de todas as regiões do país. 

Se você ainda acha que investir não é para você por conta do orçamento apertado, vamos te provar o contrário. De antemão, é preciso deixar claro que  por vezes o mercado financeiro é incerto e varia muito, então é preciso ter cautela. Porém, seguindo as 5 dicas a seguir você saberá tudo o que é preciso para investir de forma segura. Confira!

1. Apenas comece 

Para quem tem medo de dar o primeiro passo, a dica é: comece. Você pode iniciar aos poucos, seguindo investidores nas redes sociais e consumindo conteúdos sobre o tema, por exemplo. Dessa forma, você ficará mais familiarizado com o assunto e se sentirá mais seguro. 

2. Faça um planejamento financeiro 

O processo de investimento deve começar antes mesmo da compra da primeira ação ou da aplicação de qualquer quantia. Ou seja, se organize e faça um planejamento financeiro antes de envolver dinheiro no meio. Em outras palavras, coloque tudo na ponta do lápis, se livre de dívidas que podem comprometer o seu orçamento, e por fim, estipule um valor confortável para investir periodicamente. 

3. Abra uma conta em uma corretora de valores 

As corretoras são instituições financeiras que fazem a intermediação entre você e o investimento. Dessa forma, o acesso direto aos ativos financeiros ficam bloqueados. Essa é uma boa alternativa para fazer aplicações com pouco dinheiro e com mais certeza. Conforme a empresa for escolhida, é preciso conferir se ela é autorizada pela bolsa de valores oficial do Brasil (B3). 

Vale lembrar que se você está começando a investir agora deve evitar pagar altas taxas de corretagem, ou seja, os valores cobrados por bancos ou corretoras. Então, confira se a empresa possui baixos custos e variedade de serviços e produtos oferecidos.

4. Conheça o seu perfil de investidor 

Para fazer investimentos inteligentes é importante saber o seu perfil. Em outras palavras, você deve conhecer a sua tolerância aos riscos, ou seja: você é daqueles que prefere ficar na zona de conforto? Ou é destemido e gosta de se arriscar? Dessa forma, se conhecendo melhor, você escolhe as melhores opções para o seu bolso e suas metas futuras. 

Às vezes é possível descobrir o seu perfil juntamente com as corretoras. Algumas empresas fazem um questionário para analisar essa questão. Há também a opção de fazer esse teste de forma online. Alguns sites oferecem esse questionário de forma gratuita, como por exemplo, o Uol Economia.

5. Defina metas e estude

Esse passo é essencial para o seu sucesso como investidor! Existe risco em todo tipo de investimento, por isso é preciso que você tenha ao menos um pouco de conhecimento na área para ter a mínima noção do que vai fazer e onde vai aplicar dinheiro. Existem vários cursos que oferecem conteúdos sobre o assunto para iniciantes. Na Fundação Getúlio Vargas (FGV), por exemplo, você encontra alguns gratuitos. 

É preciso criar objetivos para direcionar os seus esforços. Dessa forma, ficará mais fácil tomar decisões para chegar onde pretende, criar novas metas quando alcançar as antigas e evoluir cada vez no segmento. 

E aí, ficou animado mas tem que quitar algumas dívidas pendentes antes de dar o primeiro passo? Então, não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje! Aqui na VP suas contas e impostos podem ser parceladas em até 24x com a menor taxa do mercado. 

Acesso rápido

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre educação financeira, investimentos e novidades da VP.

Autorizo o envio de conteúdo e estou de acordo com a Política de Privacidade da VP.

Siga nossas redes sociais

Acompanhe os conteúdos e fique por dentro das novidades!

Postagens relacionadas

Prontinho! Agora você já pode usar o seu cupom para colocar seus débitos em dia.

Copiar e pagar Copiado!