Vamos Parcelar

Crediário: entenda o que é e quais são suas vantagens e desvantagens

Você sabe como esse método de parcelamento funciona? Sabe seus prós e contras? Não? Clique aqui e descubra!
2 min. de leitura
Atualizado em 06 abr 22
Acesso rápido

Você já ouviu falar de crediário? muito provavelmente sim, ele é o famoso carnê. Esse método de pagamento já foi bastante popular e muito utilizado, principalmente nas compras de eletrodomésticos em lojas de grandes redes. Entretanto, hoje esse meio de parcelamento perdeu muito espaço para o cartão de crédito.

De qualquer forma, assim como todas as maneiras de parcelar uma compra, há risco de endividamento e descontrole. Por isso, acima de tudo é preciso organização. Você deve entender se os juros são viáveis para o seu bolso e se há uma forma melhor adquirir o produto.

Então, entenda abaixo o que é, quais os tipos, os prós e os contras do crediário!

O que é crediário?

O crediário é uma forma de financiamento oferecida ao consumidor para a aquisição de bens e serviços. Ou seja, você quer comprar uma geladeira, por exemplo,  mas não tem condições de pagar à vista, você pode parcelar com um carnê. Ou seja, é uma alternativa ao cartão de crédito.

As parcelas de um crediário são pré-calculadas e aprovadas pelo comércio fornecedor do produto ou serviço. Dessa forma, o cliente finaliza a compra sabendo em quantas vezes deve pagar e qual o valor de cada prestação. Entretanto, esse crédito precisa ser aprovado de acordo com o seu histórico, a própria loja pode fazer essa análise ou terceirizar.

O parcelamento pode chegar em até 48x, como dito acima, isso depende da aprovação do crédito.

Tipos de crediário

Crediário garantido: é quando o comércio contrata uma empresa para efetuar a liberação de crédito. Com isso, qualquer inadimplência é paga pela administradora à loja. Reduzindo os riscos para o comerciante. Entretanto, os lucros ficam com a organização contratada;

Crediário financiado: é quando o lojista usa o capital de uma instituição financeira. Dessa forma, o comprador paga o carnê diretamente à organização terceirizada. Essa prática tira a responsabilidade do comércio, mas dificulta a fidelização do cliente;

Crediário próprio: é quando o crédito é disponibilizado 100% pela loja. Isso facilita compras futuras por parte do credor, mas aumenta os riscos do fornecedor de sofrer com inadimplência.

Vantagens

Comprar utilizando essa modalidade é interessante se sua intenção é fazer um parcelamento mais longo e sem necessidade de vínculo com uma conta bancária. Além disso, não é preciso utilizar de limites de cartão de crédito, além das taxas de juros serem menores.

Desvantagens

Entretanto, existem pontos negativos nesse modelo. Apesar das taxas menores, a longo prazo e em tantas parcelas, o valor final pode ficar muito alto. Por fim, o crediário é menos moderno, ou seja, ainda é preciso que você vá até a loja pagar e/ou mantenha em posse um carnê.

Agora você já pode decidir se vale a pena ou não fazer um crediário. De qualquer forma, o importante é comprar com organização e não se endividar. Mas, se você está com prestações atrasadas ou procura uma plataforma para pagar seus boletos, conheça a Vamos Parcelar! Aqui na VP é um lugar onde vale a pena pagar impostos e contas!

Acesso rápido

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre educação financeira, investimentos e novidades da VP.

Autorizo o envio de conteúdo e estou de acordo com a Política de Privacidade da VP.

Siga nossas redes sociais

Acompanhe os conteúdos e fique por dentro das novidades!

Postagens relacionadas

Prontinho! Agora você já pode usar o seu cupom para colocar seus débitos em dia.

Copiar e pagar Copiado!