Vamos Parcelar

Declaração do imposto de renda: como fazer?

Quer saber como fazer a declaração do imposto de Renda em 2022? Então, você está no lugar certo. Clique e confira!
4 min. de leitura
Atualizado em 12 maio 22
Acesso rápido

Nos primeiros meses do ano boa parte dos brasileiros possuem responsabilidades que são impossíveis de fugir.  A mais famosa delas é sem dúvida, a prestação de contas ao governo através da declaração do imposto de renda. No entanto, quando chega o período de realizar tal tarefa muitas pessoas tem mil e uma dúvidas sobre o tema.

Por isso, abaixo você encontrará algumas informações para esclarecer suas dúvidas e te auxiliar no preenchimento da declaração. Confira!

O que é preciso declarar?

Praticamente tudo. Ou seja, todas as suas despesas e ganhos. Isso inclui o seu salário anual, carro, casa, a escola dos seus filhos, caso seja ensino particular, faculdade, plano de saúde e até mesmo o dinheiro guardado na sua poupança.

Quem deve declarar?

Essa é uma das dúvidas mais frequentes por isso, para simplificar você verá abaixo uma lista das situações e grupos que precisam fazer a declaração.

Renda: Se você recebeu, por exemplo, um salário anual superior a R$ 28.559,70 ou, o rendimento dos seus investimentos anuais foi superior a R$ 40.000,00.

Atividade rural: Teve uma renda bruta maior que R$ 142.798,50.

Ganho de capital e operações em bolsa de valores: se, em qualquer mês do ano em questão tiver ganhado capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizado operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.

Bens e direitos: Teve a posse ou a propriedade, até o último dia do ano, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00.

Condição de residente no Brasil: passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição se encontrava até o último dia do ano anterior.

Como fazer a declaração?

Passo 1 – Separe os documentos necessários

Antes de tudo é preciso ter alguns documentos em mãos para facilitar o processo de preenchimento. Serão necessárias  as Informações sobre o contribuinte e seus dependentes, como por exemplo:

1. Endereço atualizado;

2. Nome, CPF, grau de parentesco e data de nascimento dos dependentes;

3. Atividade profissional atual;

Em outros casos informações sobre bens do declarante, também podem ser necessárias, como:

Imóveis: Data de aquisição, área do imóvel, IPTU, registro de inscrição no órgão público e registro no cartório de Imóveis;

Embarcações, veículos e aeronaves: Número do Renavam, registro no órgão fiscalizador;

Contas correntes e aplicações financeiras: CNPJ da instituição financeira, agência e número da conta. Documentos de rendas variáveis.

Investimentos: Notas de corretagem e extratos de IR enviadas pelas corretoras onde negociação é feita;

Passo 2 – Acesse o Programa IRPF da Receita Federal

Caso tenha feito a declaração de Imposto de Renda no anteriormente, provavelmente deve ter uma cópia do arquivo salva no computador ou uma versão impressa. Esse arquivo vai facilitar a atualização da declaração atual, especialmente a relação de bens.

No entanto, se for for declarar o IR pela primeira vez, será necessário acessar o programa IRPF, disponível para download.

É simples, basta acessar o site da Receita Federal, clicar em “download do programa” e escolher o dispositivo em que deseja baixar o arquivo. Você pode fazer pelo computador e escolher os sitemas operacionais. Windows, MAC, Linux e Solaris e ainda pelo aplicativo disponível para Android e iOS. Em seguida, clique em “download”.

Espere até que o carregamento seja concluído e clique no documento para iniciar a instalação. O atalho do programa será instalado na tela do seu computador. Depois de instalado, procure o ícone do programa na área de trabalho.

Passo 3 – Escolha o tipo de declaração

Ao acessar o programa e antes de preencher é importante entender em qual etapa se quer começar:

Nova Declaração: escolha essa opção caso queira começar o processo do zero;

Dados do ano anterior: escolha essa opção se quiser aproveitar os dados das últimas declarações;

Declaração Pré-Preenchida: aqui é possível retomar o preenchimento de uma declaração, caso você já tenha iniciado o processo anteriormente.

Passo 4 – Escolha entre declaração simplificada e completa

Ao preencher, você deve escolher o tipo de declaração que deseja, podendo ser a declaração simplificada ou a completa.

No entanto, para quem possui muitas despesas e dependentes, a declaração completa possui mais vantagens. Já aqueles que não possuem dependentes ou muitas despesas que possam ser deduzidas do imposto, deve optar pela declaração simplificada.

Em ambos os casos é importante que se escolha com cautela, porque no momento de enviar a declaração, o resultado pode acabar doendo no bolso.

Passo 5 – Faça o preenchimento dos campos

Após ter reunido todos os dados necessários, não deixe de preencher os campos solicitados para que a entrega da sua declaração seja efetivada.

Por isso, fique atento a campos de preenchimento como: Dados pessoais, Rendimentos tributáveis, Lista de dependentes, Rendimentos isentos e não tributáveis e tudo que precise ser declarado. Ou seja, importante contar tudo da sua vida financeira para o Governo.

Passo 6 – Faça uma revisão dos dados

E se eu enviar a declaração com erros? Calma, fique tranquilo! Basta entrar no programa, selecionar a declaração enviada com erros, informar o número do recibo, corrigir os erros e enviar.

Por fim, com todas as informações preenchidas e conferidas minuciosamente é hora de enviar sua declaração. Neste momento, será solicitado os dados bancários para receber a sua restituição do IR, se for o caso.

Prontinho, agora você sabe o que é preciso para fazer a sua declaração então, não deixe tudo para o último dia. Se ainda não conhece a VP não deixe de acessar o nosso site! Aqui parcelamos impostos em até 18x e boletos em até 24x no cartão de crédito. Venha para a melhor plataforma de pagamentos do mercado!

Acesso rápido

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre educação financeira, investimentos e novidades da VP.

Autorizo o envio de conteúdo e estou de acordo com a Política de Privacidade da VP.

Siga nossas redes sociais

Acompanhe os conteúdos e fique por dentro das novidades!

Postagens relacionadas

Prontinho! Agora você já pode usar o seu cupom para colocar seus débitos em dia.

Copiar e pagar Copiado!