Vamos Parcelar

Seguro Pix: entenda o que é e como funciona 

Conheça o serviço que promete aumentar a segurança dos usuários da modalidade de pagamento!
3 min. de leitura
Atualizado em 31 maio 22
Acesso rápido

Lançado a pouco tempo, o Pix logo conquistou o coração dos brasileiros. Sua popularidade é inegável! Ao passo que mais e mais pessoas começaram a usar a forma de pagamento, as tentativas de golpes e fraudes dentro do sistema também cresceram. A ferramenta gratuita foi lançada no fim de 2020, e de acordo com dados do Banco Central (BC), até abril de 2022 já eram mais de 120 milhões de usuários ativos. 

O rápido crescimento de transações dentro da função explica a atenção que o sistema tem recebido dos criminosos, que se aproveitam da rapidez e funcionalidade para aplicar os golpes. Segundo um estudo do Serasa Experian, a cada oito segundos, um brasilerio é vítima de crimes virtuais e as fraudes envolvendo o Pix estão entre os mais comuns. 

Nesse sentido, pensando no cenário atual, o BC, responsável pelo sistema, ajustou as regras da ferramenta e delimitou horários e quantias que podem ser movimentadas. Além disso, considerando a segurança do dinheiro do usuário, algumas instituições financeiras desenvolveram alternativas de proteção ao cliente, uma delas é o seguro Pix.  

Todo cuidado é pouco quando o assunto é dinheiro, né? Afinal, estamos falando de um bem muito visado por todos. Então, se você quer proteger ainda mais a sua grana, confira o artigo e entenda o que é e como funciona o seguro Pix. 

O que é o seguro?

De antemão, essa é uma modalidade nova e que ainda está em fase de desenvolvimento. Em outras palavras, algumas instituições já criaram e outras ainda estão em criação. No geral, o objetivo é único: proteger as pessoas físicas de possíveis golpes e fraudes em qualquer movimentação feita por meio do Pix. 

Como funciona? 

A princípio, cada instituição possui uma maneira de funcionamento, porém a lógica é a mesma: o cliente paga um valor mensal e em troca recebe cobertura em casos de problemas envolvendo o modelo de pagamento. Além disso, os bancos costumam oferecer mais de uma opção de plano, com valores diferentes para as mensalidades. Por fim, tem também a opção de cobertura anual. Antes do serviço do seguro ser ativado, será feita primeiramente uma análise do crime pelo qual o cliente foi vítima. 

Ao mesmo tempo que serve como uma proteção para o seu dinheiro disponível em conta, algumas instituições, como o Santander, por exemplo, indeniza o cliente em casos de roubos de bens que foram comprados com o Pix. Vale ressaltar que cada empresa tem um formato de funcionamento, então é importante dar atenção às letrinhas miúdas quando for adquirir qualquer seguro. 

Vale a pena?

O seguro funciona como uma prevenção para evitar possíveis prejuízos e dores de cabeça. Frequentemente o valor pago na mensalidade do serviço é menor do que a quantia disponível em conta, ou seja, vale sim apostar na segurança. Os preços médios dos planos variam entre R$ 3 a R$ 25 para coberturas de valores entre R$ 1.500 a R$ 50 mil. Desde já é importante destacar que o valor da indenização devolvida é proporcional ao valor que você paga no seguro. 

Qual a cobertura? 

Atualmente os seguros oferecem coberturas para situações que envolvam compras, saques e transferências indevidas via Pix, em outras palavras, quando essas ações acontecem sem autorização do cliente ou quando ele está sob coação. Desse modo, para que o serviço seja acionado é preciso comprovar que realmente se trata de um crime. 

Quais bancos oferecem o seguro?

Em primeiro lugar, a função é uma novidade, então ainda são poucas as instituições que já estão oferecendo alguma cobertura.  Confira quais são:

Seguro Pix Santander

Esse seguro tem foco em clientes que são pessoas físicas. A instituição oferece um pacote de R$9,99 por mês, que oferece garantia de até R$3.500,00 por ano; um pacote de R$18,99 por mês, que oferece cobertura de até R$8.000,00 por ano; e por último, o pacote de R$24,99 por mês, no qual oferece garantia de até R$20.000,00 por ano;

Seguro PIX Bradesco

Esse seguro só cobre casos em que ocorrem transações financeiras por meio do app do Bradesco em celulares roubados, perdidos ou furtados, ou seja, se o sistema do seu celular for clonado ou você for vítima de golpe, por exemplo, o serviço do seguro não será acionado. 

A instituição oferece três modalidades, o Plano Classic, que custa R$8,99 por mês e oferece garantia de até R$20.000,00; o Plano Exclusive, que custa R$11,99 por mês e oferece uma cobertura de até R$35.000,00; e por fim o Plano Prime, que custa R$15,99 por mês e oferece garantia de até R$50.000,00.

E aí, achou as informações relevantes? Quando se trata de dinheiro todo cuidado é pouco, né? Agora que você sabe melhor sobre a função, vale a pena procurar o pacote que mais combina com você para reforçar a segurança! Além dos golpes, às vezes acontece de enviar e receber Pix errado, e se você quer se prevenir também dessa possibilidade confira os artigos Recebi um PIX por engano, como devo proceder? e Fiz um PIX errado, como devo proceder?

Ainda não conhece a VP? Somos uma plataforma onde vale a pena pagar os seus impostos e contas! Aqui você pode parcelar todos os seus impostos em até 18X e contas em até 24X com a menor taxa de serviço do mercado. Não perca tempo, deixe seu orçamento em dia sem passar dor de cabeça!

Acesso rápido

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre educação financeira, investimentos e novidades da VP.

Autorizo o envio de conteúdo e estou de acordo com a Política de Privacidade da VP.

Siga nossas redes sociais

Acompanhe os conteúdos e fique por dentro das novidades!

Postagens relacionadas

Prontinho! Agora você já pode usar o seu cupom para colocar seus débitos em dia.

Copiar e pagar Copiado!