Muitos contribuintes perderam o prazo de pagamento das parcelas do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), ou não conseguiram pagar o imposto, que se encerrou em abril de 2020, essas datas foram definidas em função do algarismo final da placa do veículo. Mas, quem ainda não conseguiu realizar a quitação do imposto, o pagamento pode ser feito de forma parcelada com o cartão de crédito em até 12 vezes.

Para efetuar o parcelamento do IPVA do Distrito Federal basta informar a placa e renavam do veículo no site da Vamos Parcelar onde é possível realizar o pagamento sem nem precisar sair de casa e, ainda, débitos como multas, licenciamento, seguro obrigatório e qualquer outros débitos do detran podem ser parcelados também.

Em Brasília, o valor do IPVA pode variar de R$ 134.610,21 a R$ 49,20 reais. A sanção para quem não pagar o imposto pode além de gerar multa de 5% para os primeiros 30 dias de atraso e de 10% depois, o débito pode ser ajuizado e entrar até em execução fiscal. O contribuinte também pode ter o nome inscrito no Serasa.

Em 2020, os contribuintes de Brasília tiveram uma tarifa menor em relação ao exercício passado (2019), mas também tiveram outras mudanças, entre elas a redução de quatro para três cotas de vencimento do imposto. Para quem perdeu ou prefere parcelar em mais vezes pode entrar no site da Vamos Parcelar e realizar o pagamento em até 12 vezes no cartão de crédito.

Quem deve pagar o IPVA?

Todos os proprietários de carro, moto, caminhão, ônibus, micro-ônibus, máquina agrícola, ciclomotor e afins devem realizar o pagamento do imposto. Se você tem algum desses veículos de forma regularizada estará entre o público no qual deve realizar o pagamento, que pode ser parcelado em até 12 vezes no cartão de crédito.

Existem algumas variações sob o pagamento do imposto. Por se tratar de uma cobrança definida a nível estadual, pode variar de acordo com cada região.

O valor do IPVA é calculado de forma independente, sendo cada unidade federativa, responsável pelo valor final. O valor de mercado dos veículos e tempo de atividade são fatores que contribuem na hora da formulação. 

Quais foram as mudanças no IPVA de 2020?

Teve duas grandes mudanças. A redução da alíquota do veículo automotor, que passou 3,5% para 3% para os veículos automotores de quatro rodas, seja carros de passeio, caminhões, caminhonetes e utilitários. Já a redução de 2,5% para 2% para veículos de duas ou três rodas, ou seja, ciclomotores, triciclos e motonetas. Essa mudança provocou uma redução significativa no IPVA.

Uma outra grande alteração foi a quantidade de cotas (de pagamento), que eram quatro e reduziu para três.  Isso aconteceu porque houve uma necessidade do governo em relação ao caixa para poder receber o tributo mais rapidamente.

Porém cada uma dessas parcelas são passíveis de parcelamento em até 12 vezes no cartão de crédito, estejam elas vencidas ou a vencer.

Pagamento Parcelado

O parcelamento de IPVA no cartão de crédito é uma opção para os cidadãos que precisarem dessa modalidade, seja para ganhar um prazo maior de pagamento ou até mesmo para se organizarem e não acumularem dívidas.

Além do IPVA, é possível realizar o parcelamento de multas com o cartão de crédito também. Conta de luz, fatura de cartão de crédito, conta de água, IPTU, ISS, ITBI, todos esses débitos e qualquer outro boleto podem ser parcelados em até 12 vezes no cartão de crédito.

Além do atendimento online, caso os contribuintes queiram realizar esses pagamentos de forma presencial eles podem comparecer em um dos nossos postos de atendimento.

Vamos Parcelar

A Vamos Parcelar é uma fintech integrada ao Sistema de Pagamentos Brasileiro e os principais bancos do Brasil.

Credenciada pelo Denatran, a empresa oferece o parcelamento de débitos do detran, públicos ou qualquer outro boleto em até 18 vezes no cartão de crédito. 

Instituição de pagamento certificada pelas principais bandeiras do Arranjo de Pagamentos, instituído pela lei nº 12.865/13 e circulares do Banco Central do Brasil. Credenciada para aceitar pagamentos públicos em mais de 21 estados.