Proprietários que tiverem em débito com o órgão podem regularizar de forma parcelada

Nesta terça-feira (1/12), o Detran começa as fiscalizações no Distrito Federal, condutores deverão estar com IPVA, multas, seguro obrigatório e taxa de licenciamento em dia. Para quem não dispor de recursos imediatos, ou quiser pagar de forma parcelada é possível com a Vamos Parcelar – empresa credenciada pelo Denatran autorizada a receber pagamentos do órgão.

Venceu nesta segunda (30/11) o prazo para que os proprietários de veículos com placas terminadas com 6,7 e 8 regularizem suas pendências junto ao órgão de trânsito e a Secretaria de Fazenda do Distrito Federal.

As fiscalizações começaram no dia 1º de outubro, com as placas terminadas em 1 e 2 e terminam em 1º de janeiro de 2021, com os finais 9 e 0. O condutor que não estiver com o licenciamento de 2020 será multado e terá o automóvel guinchado se for pego trafegando com a documentação vencida.

Para o líder de Inside Sales da Vamos Parcelar, Ricardo Estrela, o pagamento parcelado é uma opção para que o cidadão não fique inadimplente e com o veículo irregular.

Segundo o último levantamento do órgão de trânsito, até o dia 25 de novembro, 866.647 carros e motos da capital estavam com os documentos em dia, o que corresponde a 46% de veículos licenciados no DF. A frota atual é de 1,9 milhão.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), conduzir veículo que não esteja licenciado é uma infração gravíssima, que implica multa de R$ 293,47, além de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o recolhimento do automóvel.

Desde junho deste ano, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou a liberação para a circulação veicular em território nacional com o CRLV-e digital ou impresso. Se o motorista escolher o documento deve estar em papel comum e deverá ser legível, o que possibilitará aos agentes de fiscalização de trânsito a leitura do código de barras bidimensionais dinâmico (QRCode).

Vamos Parcelar

A Vamos Parcelar é uma fintech integrada ao Sistema de Pagamentos Brasileiro e os principais bancos do Brasil.

Credenciada e integrada a mais de 400 órgãos públicos em todos os estados, a fintech ampliará a oferta de pagamentos eletrônicos ao criar o marketplace de pagamento de boletos, contas de concessionárias e estabelecimentos privados, promovendo a inclusão digital de pessoas, empresas e governos.

A empresa também oferece o pagamento ou parcelamento de débitos do Detran, conta de luz, água, plano de saúde, fatura de cartão de crédito ou qualquer outro boleto em até 12 vezes no cartão de crédito.

A Instituição de pagamento é certificada pelas principais bandeiras do Arranjo de Pagamentos, instituído pela lei nº 12.865/13 e circulares do Banco Central do Brasil.