Vamos Parcelar

O Ano Novo está se aproximando e, com ele, costumam surgir os inúmeros planos, pedidos e as clássicas promessas. A grande maioria envolve cuidar mais da saúde e pedir para que o novo ciclo seja mais abundante financeiramente falando. No entanto, o problema por trás disso é que a maioria das pessoas apenas sonham e planejam, mas nunca botam em prática de fato. Dessa forma, boa parte dos projetos acabam abandonados no meio do caminho ou nem mesmo são executados por não estarem incluídos em um planejamento financeiro.

Se você se encaixa na situação acima, não se preocupe, vamos te passar dicas certeiras que farão com que você comece o ano com pé direito e consiga ter eficiência no seu planejamento financeiro a partir de agora. Vamos lá?

 

1) Cheque todas as receitas e gastos de 2021

Saúde e paz são sem dúvida, fundamentais para iniciar bem um novo ciclo, mas para obter maior controle e eficiência em seus projetos é preciso ter conhecimento de todas suas despesas para que elas não colidam com suas próximas metas.

Por isso, procure se perguntar: Quanto eu ganhei naquele mês? Quanto gastei com academia? Alimentação? Saúde? Aluguel?

Ter em mente quanto você ganha e gasta por mês é o primeiro passo para organizar suas finanças e dar início a um planejamento financeiro verdadeiramente eficiente. Além disso, quando você faz esse levantamento, fica nítido quais foram seus erros e acertos em relação ao dinheiro em um determinado período.

2) Organize suas despesas

A segunda parte envolve saber separar as despesas fixas (água, luz, internet) das que variam como, por exemplo, cartão de crédito, gastos com a saúde, remédios etc. Dessa forma, fica bem mais fácil visualizar quanto do seu orçamento ficou comprometido no ano em questão e das próximas vezes você poderá conferir se o planejamento está sendo seguido.

3) Tenha uma reserva de emergência

Sem dúvida um dos erros mais comuns quando o assunto são finanças pessoais é ignorar o famoso fundo de segurança ou emergência. Então, seja inteligente e se possível mantenha um dinheirinho guardado para não precisar recorrer aos bancos, empréstimos e evitar ao máximo pagar juros.

4) Use o crédito com sabedoria

O crédito pode ser uma mão na roda na hora de comprar um bem de consumo ou até mesmo para conseguir fechar o mês com as contas no azul. No entanto, é preciso ter controle para não abusar desse recurso e acabar perdendo a linha.

Tenha cuidado principalmente com o crédito pré-aprovado, ou seja, cheque especial e cartão de crédito, eles criam uma ilusão de que se tem dinheiro, quando na realidade não tem. Por isso, verifique se os juros cobrados pelo seu banco, assim como as taxas administrativas e tarifas, são razoáveis ou não e se o seu cartão de crédito te oferece algum benefício que faça valer a pena você mantê-lo.

5) Planeje seus gastos

Economizar dinheiro é muito bom, mas às vezes também é preciso gastar. O segredo para isso está em saber fazer de modo eficiente. A estratégia mais correta é marcar no calendário as férias e feriados para estipular quais deles haverá gastos.

Em seguida, defina um valor máximo para cada ocasião. Seja ela uma reunião de família, viagem ou até mesmo um fim de semana em um chalé. Não importa,  o que quer que seja junte um dinheiro só para cobrir os gastos daquilo.

6) Reveja as metas

Ao longo das dicas você pôde perceber a importância do planejamento para se ter uma vida mais organizada e evitar ao máximo problemas financeiros. No entanto, sabemos que imprevistos podem surgir e às vezes o que você pensou que dava para ser feito em outubro só poderá ser executado em dezembro. Então, reavalie algumas metas e tente ser o mais pé no chão possível para que, posteriormente, você não fique frustrado caso não consiga atingir um determinado objetivo.

Viu como é fácil? Ter um planejamento financeiro é fundamental para começar o ano sem estresse ou surpresas. Mas caso surja algum imprevisto, não perca tempo, traga seu boleto para a Vamos Parcelar e comece 2022 sem preocupações!