Vamos Parcelar

logo-vp

4 dicas para viajar com segurança após a pandemia

A covid-19 ainda esta entre nós, porém, já é possível fazer uma viagem com segurança seguindo alguns passos. Confira!
2 min. de leitura
Acesso rápido

A pandemia do novo coronavírus que se espalhou pelo mundo em 2020 trouxe mudanças em vários aspectos da vida do ser humano. A princípio, para conter  a transmissão do vírus que até então pouco se sabia, as organizações e especialistas na área da saúde encontraram o distanciamento social como uma possível solução. Logo depois, as fronteiras foram fechadas e os aeroportos pararam suas atividades. Em outras palavras: ninguém entrava e ninguém saia da cidade ou país em que se encontrava, viajar estava temporariamente proibido. 

Agora, dois anos depois, já se sabe que é possível se proteger de outras maneiras e pouco a pouco a vida está voltando ao normal. De acordo com as secretarias estaduais de saúde, o número de transmissão e de mortes está diminuindo no país. Segundo o levantamento, a maior parte dos estados brasileiros estão em queda ou estabilidade dos casos. 

A boa notícia é: embora a pandemia não tenha acabado completamente, agora você pode fazer aquela viagem que foi adiada por tanto tempo de forma mais tranquila. Para te ajudar, listamos 5 dicas de como viajar com segurança nesse momento. Confira!

1- Se informe sobre o destino 

Em geral, o número de casos está controlado, contudo, às vezes pode variar ao longo dos dias. Nesse sentido, é importante que pesquise sobre o local para onde pretende ir. A recomendação é de que evite aqueles destinos que apresentem alguma alta na estatística de infectados ou mortes. Além disso, se a viagem for internacional, é fundamental pesquisar sobre as restrições do país. Cidades da Europa e alguns lugares da Ásia, como o Japão e a China, por exemplo, ainda pedem testes da Covid-19 negativado, o uso de máscara e o distanciamento social. Por último, algumas regiões exigem o comprovante de vacinação com no mínimo duas doses do imunizante contra o vírus.

2- Cuide da sua saúde

Aqui no Brasil, as restrições acabaram. O uso de máscara não é mais obrigatório em ambientes abertos e nem fechados. Além disso, eventos de grande e pequeno porte já estão liberados. Porém, é importante manter algumas práticas criadas durante o momento crítico da pandemia. A boa higienização das mãos, por exemplo, é uma delas. Sempre que possível, lave-a  com água e sabão ou passe álcool em gel. Uma outra dica é se manter atento a sua saúde, procure um médico no caso de qualquer sintoma de gripe. 

3- Contrate um seguro viagem  

Esperamos que não, mas por vezes pode acontecer de você adoecer ao longo da viagem. Nesse sentido, um seguro passa a ser fundamental. O serviço é adaptável para as necessidades do segurado e para a quantidade de dias da viagem, ou seja, você pode escolher um que mais combina com as suas experiências e com o seu bolso. Além de oferecer assistência e atendimento médico caso fique doente, o seguro viagem pode cobrir roubos ou malas extraviadas, por exemplo. 

4- Faça um planejamento 

Um bom planejamento e cronograma devem fazer parte de toda viagem, principalmente nesse caso. Liste os pontos turísticos que pretende ir, os restaurantes que deseja conhecer e os passeios que quer fazer. A partir do cronograma, você poderá se organizar para ir nos locais definidos em dias mais vazios para evitar grandes aglomerações. E aí? Deseja ver mais conteúdos como esse? Não deixe de ficar de olho em nosso blog. Aqui você fica informado e aprende dicas para viajar tranquilamente.

Acesso rápido

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre educação financeira, investimentos e novidades da VP.

Autorizo o envio de conteúdo e estou de acordo com a Política de Privacidade da VP.

Siga nossas redes sociais

Acompanhe os conteúdos e fique por dentro das novidades!

Postagens relacionadas
Nenhuma postagem relacionada

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Notícia veiculada recentemente, diz que a empresa Vamos Parcelar Pagamentos e Correspondentes LTDA — a qual, entre outros, presta serviço de parcelamento de dívidas de IPVA e de multas de trânsito —, “sem justificativas, deixou de fazer os repasses ao governo local e colocou contribuintes em situação de inadimplência”.

Sempre atenta à sua responsabilidade legal e social, a Vamos Parcelar vem a público prestar alguns esclarecimentos referentes aos fatos noticiados.

Após a instauração de procedimentos internos, a Vamos Parcelar detectou ter sido vítima de ofensiva aos seus servidores que resultou na significativa compensação de transações inconsistentes, inseridas por meio de subterfúgios em sua plataforma.

Foram detectados, ainda, indícios de fraudes em algumas operações realizadas por terceiros que se passavam indevidamente por usuários da plataforma, as quais ainda estão em fase inicial de averiguação.

A empresa esclarece que fez contato com 2.039 pessoas das 2.142 que fizeram reclamações na plataforma “Reclame Aqui”. Encontram-se pendentes, apenas, 93 casos com quem a equipe da Vamos Parcelar segue fazendo contato para responder às queixas e sanar o problema o mais brevemente possível.

Quanto às alegadas “queixas de golpe financeiro”, a Vamos Parcelar informa que realizou o levantamento das ocorrências existentes e constatou que as pendências pontuais identificadas foram devidamente sanadas, com o consequente esvaziamento das hipóteses investigativas e a confirmação do não cometimento de qualquer conduta irregular pela empresa.

Segurança cibernética

A Vamos Parcelar informa que, tão logo tomou conhecimento das inconsistências implementou, imediatamente, os protocolos de segurança cibernética ao seu alcance para conter a ofensiva, que já se encontra controlada, e que continua trabalhando para otimizar os mecanismos de segurança contra operações indevidas.

A empresa continua atuando de forma diligente, com foco para mitigar os efeitos gerados pela ofensiva e informa que, a partir da auditoria interna realizada, instituiu um comitê de compliance, com apoio de empresa especializada, com fins de realizar o correto tratamento das inconsistências apuradas.

O comitê de compliance instituído determinou que todas as operações efetivadas desde a ofensiva sejam novamente examinadas de forma minuciosa e sistemática pela Vamos Parcelar, para que, então, os repasses possam ser realizados às empresas e órgãos competentes.

A recomendação de nova checagem em todas as transações programadas gerou atraso no repasse dos pagamentos aos órgãos, que já está sendo normalizado de acordo com a finalização das auditorias.

A empresa se compromete a continuar trabalhando para restaurar o serviço aos seus clientes e a regularidade dos repasses o mais rápido possível.

Em atenção ao compromisso de integral transparência e total colaboração, a Vamos Parcelar implementou, no dia 16/06/2023, canal de comunicação e mediação para que os consumidores entrem diretamente em contato com a empresa para solucionar eventuais inconsistências de repasse.

A Vamos Parcelar reitera que sua atividade, ao longo dos 5 anos de atuação no mercado de parcelamento de dívidas, sempre foi pautada por rigor ético e legal e manifesta, mais uma vez, que guiada pelo compromisso de integral transparência e total colaboração, manterá seus clientes informados de qualquer informação relevante relacionada ao evento aqui tratado.

Prontinho! Agora você já pode usar o seu cupom para colocar seus débitos em dia.

Copiar e pagar Copiado!