Vamos Parcelar

logo-vp

Termos financeiros: conheça os principais

Saiba o significado das nomenclaturas usadas no dia-a-dia de quem é investidor ou trabalha com finanças!
4 min. de leitura
Acesso rápido

É comum nos depararmos com alguns termos financeiros que não sabemos o que significa, certo? Se você pensou em investir ou já começou a aplicar nesse tipo de mercado, muito provavelmente ficou perdido quando procurou algumas informações. Assim como em qualquer área específica, o mercado financeiro possui a sua própria linguagem.

Além disso, é normal que iniciantes fiquem um pouco confusos quanto a nomenclaturas e termos usados nesse meio. Pensando nisso, separamos neste artigo os principais que você precisa conhecer. Confira! 

Ações 

Se você tem interesse em investimentos, provavelmente já ouviu falar no termo “ações”. Basicamente é a menor fração negociável do capital de uma empresa. Ou seja, ao comprar ações de um negócio você está adquirindo uma parte dele e se tornando um acionista. Logo, terá participação no lucro ou prejuízo da empresa e, em alguns casos, tem direito a voto em decisões importantes. 

Alíquota 

Nada mais é do que um percentual ou valor fixo cobrado em algum tipo de imposto. Em alguns documentos, a alíquota é calculada de acordo com a porcentagem determinada em cada estado. Ela deve ser paga tanto por pessoas físicas quanto jurídicas, e o maior exemplo que temos hoje em dia sobre essa cobrança é no Imposto de Renda. 

Ativos

Um dos termos financeiros mais utilizados, os ativos são os valores, direitos e bens de uma pessoa ou empresa. Normalmente, neste tipo de mercado, eles podem ser ações, títulos públicos e títulos privados. A sua maior característica e vantagem é gerar renda para o investidor. 

Bolsa de Valores 

É o mercado financeiro onde se negociam ações. Neste ambiente você pode comprar ou vender títulos emitidos por empresas, seja de capitais públicos, mistos ou privados. Sobretudo, todo o processo é intermediado pelas corretoras de investimentos para que a transação ocorra de forma segura e organizada. No Brasil, a Bovespa se uniu a BM&F (mercados futuros) e a Cetip criando a B3 – Brasil, Bolsa e Balcão. A B3 é a bolsa oficial do país, uma das mais lucrativas do mundo e tem ganhado cada vez mais espaço no mercado.

Carteira de Ativos 

É o conjunto de aplicações que um investidor tem. Ou seja, esse termo financeiro é usado para nomear o grupo de investimentos que você escolhe para fazer o seu dinheiro render. Sobretudo, é a partir dessa carteira de ativos que você consegue se organizar e traçar estratégias para encontrar a melhor forma de investir o seu dinheiro. Portanto, é um dos principais termos a ser levado em consideração na hora de aplicar em alguma ação. 

Cotação 

Você já deve ter ouvido falar desse termo com frequência nos jornais, principalmente quando falamos do dólar. A cotação é o valor estipulado nos produtos negociados. Ela é utilizada na perspectiva de valorização e desvalorização no momento da compra e tem os seus valores em constante oscilação. Portanto, se você deseja investir em moeda estrangeira como o dólar e o euro, deve ficar atento à cotação desses ativos. 

CDB e CDI

São um dos termos financeiros mais frequentes e mais comuns no mercado. O CDB é o Certificado de Depósito Bancário oferecido pelas instituições financeiras para captação de fundos. Ele é um investimento de renda fixa que oferece rentabilidade de acordo com o período que foi aplicado. Por exemplo, ao aplicar uma quantia no CDB, depois do prazo estipulado, o banco devolve o seu dinheiro com uma taxa de juros. 

Já o CDI é o Certificado de Depósito Interbancário e é um título emitido pelos bancos para reunir recursos. Entretanto, pessoas físicas não podem ter acesso a ele e a sua negociação fica restrita somente ao mercado bancário. Basicamente, o CDI transfere recursos financeiros de um banco para outro. 

Ibovespa 

Outro termo bastante comum não só no mercado financeiro, mas também em jornais e rádios, o Ibovespa é o principal índice da Bolsa de Valores Brasileira, a B3. A sua principal função é indicar o desempenho das ações no mercado, permitindo acompanhar a cotação das aplicações que fazem parte da bolsa. Dessa forma, dependendo do tipo de ação que você for investir, entender o Ibovespa e o seu funcionamento faz toda diferença.  

Liquidez 

Nada mais é do que a facilidade que uma aplicação tem de ser convertida em dinheiro. Contudo, a liquidez pode ser diária ou no vencimento. A primeira opção possibilita que você resgate o seu dinheiro aplicado a qualquer momento, sempre que precisar. 

Por outro lado, a liquidez no vencimento deixa o seu investimento “preso” até a data estipulada para o resgate. Contudo, tanto a diária quanto a no vencimento são tipos de liquidez que permite que o seu dinheiro renda naquela aplicação. Seja em um período curto ou a longo prazo.  

Renda Fixa 

É um tipo de investimento recomendado caso você seja iniciante ou possui perfil conservador. Esse tipo de aplicação permite que você saiba quanto aquele investimento vai render no prazo estipulado. Diante disso, investir em renda fixa é considerado uma operação segura e que gera bons resultados. 

Renda Variável 

Diferente da renda fixa, a renda variável é um tipo de investimento que você não sabe quanto vai lucrar. É uma aplicação de médio a longo prazo e o seu lucro varia de acordo com a situação do mercado, portanto, você pode ganhar ou perder muito dinheiro. Os principais tipos de renda variável são aqueles negociados na Bolsa de Valores, ou seja, ações, fundos imobiliários, câmbio e fundos de índices. 

Rentabilidade 

Por fim, a rentabilidade é um dos termos financeiros mais importantes do mercado e não é à toa. É a rentabilidade que determina quanto você, investidor, ganhará por cada aplicação. Ela é indicada por uma porcentagem que indica quanto aquele dinheiro investido vai render de lucro. Por exemplo, uma aplicação com rentabilidade de 5% ao ano significa que, depois de um ano investido, o seu dinheiro terá um retorno de 5% do que foi aplicado.  

Entender os termos financeiros do mercado, principalmente o de ações, pode ser complicado no começo, mas tem as suas vantagens. Aprender o significado de cada nomenclatura possibilita que a comunicação flua quando você for aplicar o seu dinheiro. Além disso, é importante estudar e ficar por dentro de todos os termos para não sair prejudicado. Afinal, estamos falando de investimentos e oscilações na bolsa, quanto mais você aprender melhor será para a sua carteira de ativos.  Quer saber mais sobre esse e vários outros assuntos do mundo dos investimentos? Não deixe de acompanhar o nosso blog.

Acesso rápido

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre educação financeira, investimentos e novidades da VP.

Autorizo o envio de conteúdo e estou de acordo com a Política de Privacidade da VP.

Siga nossas redes sociais

Acompanhe os conteúdos e fique por dentro das novidades!

Postagens relacionadas
Nenhuma postagem relacionada

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Notícia veiculada recentemente, diz que a empresa Vamos Parcelar Pagamentos e Correspondentes LTDA — a qual, entre outros, presta serviço de parcelamento de dívidas de IPVA e de multas de trânsito —, “sem justificativas, deixou de fazer os repasses ao governo local e colocou contribuintes em situação de inadimplência”.

Sempre atenta à sua responsabilidade legal e social, a Vamos Parcelar vem a público prestar alguns esclarecimentos referentes aos fatos noticiados.

Após a instauração de procedimentos internos, a Vamos Parcelar detectou ter sido vítima de ofensiva aos seus servidores que resultou na significativa compensação de transações inconsistentes, inseridas por meio de subterfúgios em sua plataforma.

Foram detectados, ainda, indícios de fraudes em algumas operações realizadas por terceiros que se passavam indevidamente por usuários da plataforma, as quais ainda estão em fase inicial de averiguação.

A empresa esclarece que fez contato com 2.039 pessoas das 2.142 que fizeram reclamações na plataforma “Reclame Aqui”. Encontram-se pendentes, apenas, 93 casos com quem a equipe da Vamos Parcelar segue fazendo contato para responder às queixas e sanar o problema o mais brevemente possível.

Quanto às alegadas “queixas de golpe financeiro”, a Vamos Parcelar informa que realizou o levantamento das ocorrências existentes e constatou que as pendências pontuais identificadas foram devidamente sanadas, com o consequente esvaziamento das hipóteses investigativas e a confirmação do não cometimento de qualquer conduta irregular pela empresa.

Segurança cibernética

A Vamos Parcelar informa que, tão logo tomou conhecimento das inconsistências implementou, imediatamente, os protocolos de segurança cibernética ao seu alcance para conter a ofensiva, que já se encontra controlada, e que continua trabalhando para otimizar os mecanismos de segurança contra operações indevidas.

A empresa continua atuando de forma diligente, com foco para mitigar os efeitos gerados pela ofensiva e informa que, a partir da auditoria interna realizada, instituiu um comitê de compliance, com apoio de empresa especializada, com fins de realizar o correto tratamento das inconsistências apuradas.

O comitê de compliance instituído determinou que todas as operações efetivadas desde a ofensiva sejam novamente examinadas de forma minuciosa e sistemática pela Vamos Parcelar, para que, então, os repasses possam ser realizados às empresas e órgãos competentes.

A recomendação de nova checagem em todas as transações programadas gerou atraso no repasse dos pagamentos aos órgãos, que já está sendo normalizado de acordo com a finalização das auditorias.

A empresa se compromete a continuar trabalhando para restaurar o serviço aos seus clientes e a regularidade dos repasses o mais rápido possível.

Em atenção ao compromisso de integral transparência e total colaboração, a Vamos Parcelar implementou, no dia 16/06/2023, canal de comunicação e mediação para que os consumidores entrem diretamente em contato com a empresa para solucionar eventuais inconsistências de repasse.

A Vamos Parcelar reitera que sua atividade, ao longo dos 5 anos de atuação no mercado de parcelamento de dívidas, sempre foi pautada por rigor ético e legal e manifesta, mais uma vez, que guiada pelo compromisso de integral transparência e total colaboração, manterá seus clientes informados de qualquer informação relevante relacionada ao evento aqui tratado.

Prontinho! Agora você já pode usar o seu cupom para colocar seus débitos em dia.

Copiar e pagar Copiado!